Alunos da Escola de Artes participam de oficina virtual de teatro

Alunos da Escola de Artes participam de oficina virtual de teatro

Os alunos das turmas de teatro juvenil e adulto da Escola de Artes de São Pedro da Aldeia tiveram a oportunidade de trocar experiências e aprofundar os conhecimentos sobre as artes cênicas durante a oficina “A História do FESQ em Esquetes”, promovida pelo FESQ – Festival de Teatro de Cabo Frio. A participação dos alunos foi possível graças à parceria entre a Secretaria Adjunta de Cultura e a produção do evento, que é um dos mais tradicionais da Região dos Lagos da categoria. Todos os estudantes receberão certificado.

Responsável por ministrar a oficina, o produtor cultural e ator Luca Morais elogiou a participação da turma do município aldeense. “Foi muito bom poder compartilhar conhecimento com a turma de teatro de São Pedro da Aldeia e toda a turma dentro da oficina. Como estudantes de teatro, todos estão de parabéns pelo interesse, pela contribuição ao nosso debate e, principalmente, por fortalecer nosso movimento cultural do FESQ nesse momento em que a Cultura precisa ser preservada e reinventada através de novos olhares para as futuras gerações”, destacou o oficineiro.

Estudantes da Escola de Artes interagiram com artistas de dentro e fora do Estado
Foto: Reprodução Zoom

NOVOS REPERTÓRIOS CULTURAIS

Visando enriquecer o repertório artístico e cultural dos participantes, a oficina “A História do FESQ em Esquetes” traçou um panorama sobre os diversos temas abordados no FESQ Cabo Frio ao longo de 18 anos de festival e de que forma as temáticas são reverberadas em cenas teatrais na atualidade. “Tivemos alunos na oficina de diferentes faixas etárias, entre 14 até 55 anos, e isso possibilitou um proveitoso encontro de gerações na discussão sobre assuntos considerados tabus e como isso se reflete na dramaturgia contemporânea”, reforçou Luca.

O conteúdo programático incluiu, ainda, a influência da Internet, a função educativa e a importância do teatro dentro das transformações políticas do país. Durante a oficina, os participantes tiveram momentos de fala, puderam debater, ouvir depoimentos e interagir com os demais alunos.

Encontro virtual oportunizou a troca de experiências
Foto: Reprodução Zoom

FORMAÇÃO CONTINUADA

Para a instrutora de teatro da Escola de Artes, Nayara Gomes, que também atua como produtora do evento, a participação das turmas de São Pedro da Aldeia foi de grande importância para a formação profissional dos alunos. “Fiquei muito feliz em poder fazer esse intercâmbio para que os nossos alunos da Escola de Artes tivessem vagas reservas na oficina. Dos 15 participantes, sete eram alunos da Escola de Artes. Isso mostra o quanto eles estão interessados em ampliar o seu repertório e se desenvolver como artistas”, disse.

Durante a oficina, realizada via plataforma Zoom, os alunos da Escola de Artes puderam interagir com outros estudantes de teatro de municípios como Vargem Grande e Rio das Ostras, no estado do Rio, e até do estado do Maranhão. “Foi uma oportunidade única para que os nossos alunos pudessem ter contato não só com as produções locais, mas também com artistas e estudantes de outras partes do Estado e de fora”, complementou Nayara.

Alunos da Escola de Artes marcaram presença na oficina
Foto: Reprodução Zoom

Uma das participantes da oficina, a estudante da turma adulta da Escola de Artes Municipal, Adriana Amarante, conta que a experiência foi enriquecedora. “Foi uma oficina extremamente prazerosa, satisfatória e envolvente. Foi maravilhoso poder trocar experiências, tanto entre os mais jovens, como entre os mais experientes. Deu uma saudade enorme de estar em um palco, vivenciando o meio artístico”, relatou.

“Foi muito gratificante, com certeza pude absorver muitos aprendizados. A aula teve uma leveza e um diálogo tão agregadores que nem parecia que estava acontecendo de forma virtual. Foi um encontro incrível, todos estavam muito dispostos a ouvir e a aprender”, destacou Brianny Ottero, integrante da turma juvenil de teatro da Escola de Artes Municipal.

SOBRE O FESQ CABO FRIO

Realizado desde 2003, o FESQ Cabo Frio é um dos festivais pioneiros na apresentação de cenas curtas de teatro no Brasil. Este ano, o evento está em sua 15ª edição, remodelado e ampliado como Festival de Teatro. Além das oficinas virtuais, a programação segue até o dia 9 de maio e inclui shows musicais, exibição de peças de teatro e de cenas de esquete, com transmissão pela Internet nos canais oficiais do evento: youtube.com/fesqcabofrio e facebook.com/fesqcabofrio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *