Projeto de capacitação de empreendedores tem inscrições abertas na área de concessão da Via Lagos

Projeto de capacitação de empreendedores tem inscrições abertas na área de concessão da Via Lagos

Estão abertas as inscrições para um projeto de capacitação de empreendedores que desejam abrir o próprio negócio em comunidades que fazem parte da área de concessão da Via Lagos, a RJ-124, que vai de Rio Bonito a São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio.

O projeto é desenvolvido pelo Instituto CCR em parceria com a escola de negócio Empreende Aí.

As inscrições podem ser feitas pela internet e ficam abertas até o dia 19 de abril. A divulgação dos selecionados será no dia 21 de abril.

O curso terá aulas online e ao vivo sobre temas de Autoconhecimento, Como entender o seu Público? Gestão do Tempo, Marketing, Gestão Financeira, Gestão de Equipe, Logística e aprendizados em momentos de crise. Os 36 empreendimentos selecionados ao final do programa receberão um prêmio em dinheiro de R$ 1.000 do Instituto CCR e um plano de mentoria exclusivo para colocar o negócio de pé, que foi gestado durante o programa.

O projeto inédito Despertando o Empreendedor tem o objetivo de ajudar pessoas que querem abrir seu próprio negócio em territórios populares, comunidades e favelas. A formação tem pegada “mão na massa” e foi projetada para acolher a cultura deste público, no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde serão capacitados 240 empreendedores.https://d82fa2a61058ab271e7f19f514a52489.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

“Nos últimos anos, formamos milhares de empreendedores que atuam em territórios populares, espaços pulsantes de energia e vontade. E assim são as periferias. O lar da realidade concreta, dura, e ao mesmo tempo, criativa e persistente da economia brasileira”, afirma Jennifer Rodrigues, psicóloga e sócia-fundadora da Empreende Aí, escola de negócios da periferia para a periferia.

O Instituto CCR atua com inclusão social por meio de diversas iniciativas e, entre elas, está a de geração de renda e empreendedorismo.

“O intuito é contribuir com o desenvolvimento de pessoas de periferias e comunidades que querem ter seu próprio negócio e precisam de orientações práticas sobre como fazer isso”, reforça Cristine Naum, gerente executiva de sustentabilidade e investimento social do Instituto CCR.

Fonte: g1.globo.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *