Hospital da Mulher de Cabo Frio recebe 98 novos equipamentos

A Prefeitura de Cabo Frio recebeu, na manhã desta quarta-feira (17), 98 novos equipamentos para o Hospital Municipal da Mulher (HMM). O município conseguiu os aparelhos novos junto à Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES/RJ), por meio do projeto Programa de Enfrentamento à Mortalidade Materna e Neonatal em Cabo Frio, em parceria com o Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz).

Os equipamentos, que foram adquiridos por meio de emenda parlamentar e doados ao município, são: 35 berços neonatais com cuba acrílica transparente; dois detectores fetais portáteis; dois detectores fetais de mesa; um monitor fetal gemelar (cardiotocógrafo); dois monitores multiparâmetros modelo WL80; um oftalmoscópio; uma seladora cristófoli; 50 suportes para soro inox; além de quatro aparelhos de fototerapia.

“É uma aquisição extremamente importante para a nossa unidade, que é referência para atendimentos materno-infantis, e uma conquista da nossa gestão para a população. Conquistamos o certificado do Cremerj, pela primeira vez na história da cidade, e agora essa doação. Estamos trabalhando para que o Hospital da Mulher retorne ao atendimento de excelência. Agradeço à deputada estadual Renata Souza, do PSOL, pela emenda ”, afirmou o secretário de Saúde, Felipe Fernandes.

De acordo com a Área Técnica de Saúde das Mulheres da SES/RJ, a iniciativa faz parte de um pacote de ações para melhorias na unidade e contemplam, além da doação dos aparelhos solicitados pela direção do Hospital Municipal da Mulher, a “qualificação da atenção ao cuidado materno e neonatal por meio de curso de aperfeiçoamento e o fortalecimento do Comitê Municipal de Morte Materna”.

“Os equipamentos vão contribuir com a melhora na qualidade do atendimento e do acolhimento à população, além de oferecer melhor condição de trabalho para os profissionais. Para se ter ideia, os berços serão trocados por estes que chegaram hoje e os monitores novos têm mais parâmetros. É um avanço para nós”, explicou o diretor médico, Leonardo Magno Amaral.

Esta semana, o Hospital Municipal da Mulher também conquistou a certidão de regularidade da inscrição no Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj). A unidade de saúde é inscrita no Cremerj desde 2004, mas é a primeira vez que está totalmente regularizada.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *