Música, poesia e incentivo às lutas femininas marcam o Dia da Mulher em Cabo Frio

Música, poesia e incentivo às lutas femininas marcam o Dia da Mulher em Cabo Frio

O Dia Internacional da Mulher, em Cabo Frio, foi oficialmente aberto nesta segunda-feira (8) com a live “Uma em todas, todas em uma”, realizada por equipes da Prefeitura. Transmitida direto do auditório da sede do governo municipal, o evento teve música, poesia e mensagens de incentivo às lutas femininas por igualdade de direitos e combate à violência entre outras.

A live foi mediada pela superintendente de Políticas para Mulheres, Susiane Borges, e contou com a presença da vice-prefeita Magdala Furtado, da nova secretária de Assistência Social, Nilza Miquelotti, e participação da cantora Michele, do músico Alvinho, da escritora Tatiana Viegas e do secretário-adjunto de Ciência e Tecnologia, Rafael Peçanha.

O evento teve vários momentos musicais, e também declamação da poesia “João amava Maria?”, de autoria de Luisa Maria, e ainda das três finalistas do concurso “Mulheres com Voz”, promovido pela Prefeitura, e que teve como juradas Andreia Rezende, Luisa Maria e Tatiana Viegas, todas membros da Academia de Letras e Artes de Cabo Frio (Alacaf).

A poesia campeã foi “Risque teu nome nas paredes”, de Kéren-Hapuk. O segundo lugar foi para “Mulher de Faces”, de Rafaela Logão Soares. A terceira colocação ficou com Luciana Mendonça dos Santos, com a poesia “Maria”. O concurso teve 27 trabalhos inscritos.

Durante a transmissão foram exibidos vídeos de algumas secretárias que fazem parte do atual governo municipal, como Aglaia Olegário (Direitos Humanos e Segurança), Dhanyelle Garcia (Planejamento e Desenvolvimento Urbano), Nilza Miquelotti (Assistência Social), Betânia Batista (Criança e Adolescente), Luciene Lima (Agricultura e Pesca), Tita Calvet (Obras e Serviços Públicos), Daniella Mendes (Fazenda) e Delamar Sant’Anna (Melhor Idade). O governo de José Bonifácio é o primeiro da história de Cabo Frio a ter um número paritário de homens e mulheres ocupando cargos nos dois primeiros escalões.

A live também serviu como prestação de contas das ações da Superintendência de Políticas para Mulheres, que revelou algumas estatísticas, entre elas que somente nos primeiros 60 dias de governo foram feitos 223 atendimentos, número que representa 27% de todo o ano de 2020.

A vice-prefeita Magdala Furtado aproveitou a ocasião para pedir que as mulheres do governo aproveitem a posição que ocupam para mudar a história de várias mulheres cabo-frienses.

“Não podemos parar de sonhar, porque o sonho é o alimento para a realidade que a gente quer: uma cidade muito melhor para todas as mulheres”, discursou.

Já Nilza Miquelotti lembrou Elicia Ramos da Cruz Santos, de 72 anos, falecida na última semana. Ela foi a primeira mulher a presidir o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Cabo Frio.

“Infelizmente não a conheci em vida. Mas sei que ela foi uma mulher pobre, negra, da agricultura, que fez história. A luta de dona Elicia é a luta de muitas outras mulheres. E pra encerrar, deixo uma passagem sobre ela que nos serve de exemplo. Um dia perguntaram: ‘Elicia, você tem medo?’. E ela respondeu: “tenho, mas não uso’”.

Ainda nesta segunda-feira (08), às 18h, a Prefeitura vai promover uma segunda live. Desta vez o tema será “Um governo de mulheres: a importância feminina na gestão”. A transmissão será ao vivo pelo Facebook da Prefeitura, e contará com a participação de várias secretárias municipais.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *