Rio das Ostras quer minimizar impactos econômicos da pandemia e adota novas regras de flexibilização

Rio das Ostras quer minimizar impactos econômicos da pandemia e adota novas regras de flexibilização

Na reunião semanal da Comissão Municipal de Enfrentamento à Covid-19 de Rio das Ostras e o Ministério Público, que aconteceu nesta quinta-feira, 7 de janeiro, foram discutidas algumas alterações no último Decreto, publicado ontem, que têm como objetivo conter os índices de contaminação, mas que minimizem os prejuízos econômicos da Cidade.

Embora o Município continue na Bandeira Vermelha de acordo com os indicadores epidemiológicos e de saúde, disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde, a Comissão esclareceu que é preciso evitar a falência econômica. De acordo com as equipes que vêm fiscalizando os comércios, a grande maioria têm cumprido as orientações e as medidas sanitárias, e precisam continuar trabalhando e gerando emprego e renda à população.

Os principais pontos de flexibilização das atividades comerciais foram a ampliação do horário de funcionamento de restaurantes, bares e lanchonetes até 1h, e a liberação do uso de mesas e cadeiras nas calçadas (sempre respeitando a restrição de 30% de ocupação) e a música ambiente. Também estão liberados os serviços de Delivery e Drive Thru até às 2h.

O comércio lojista também poderá retornar a funcionar em horário diário normal. As lojas de jogos eletrônicos como fliperamas estão submetidas as regras do comércio lojista e devem, portanto, respeitar as normas de proibição de aglomeração e de cumprimento de protocolo de segurança para atendimento.

As Feiras Livres, apenas para venda de hortifrutigranjeiros, também poderão voltar a funcionar. E também está suspenso o Toque de Recolher.

Segundo a Comissão, é grave a situação sanitária, mas é preciso também compreender que a pandemia provocou uma crise econômica e foi isso que foi discutido com o MP. É necessário que cada um faça sua parte, tomando todas as medidas de higiene, usando máscara e saindo somente se for necessário, para impedir a falência econômica da Cidade e a propagação do vírus.

Vale lembrar que as praias continuam com permanência proibida e os quiosques continuam sem poder trabalhar com cadeiras na areia das praias.

As novas medidas de flexibilização ficam valendo por 15 dias. Os Decretos Municipais estão disponíveis no site oficial –www.riodasostras.rj.gov.br

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *