Terminal de passeios de barco fica lotado após liberação de entrada em Arraial do Cabo

O primeiro fim de semana após a liberação de acesso à cidade de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, teve registros de aglomeração no terminal de passeios de barco.

A cidade estava com acesso restrito desde março e as barreiras foram retiradas na última quarta-feira (18). Apenas moradores ou turistas que apresentassem um voucher que comprovasse reserva em hospedagens na cidade estavam autorizados a passar pela barreira sanitária.

A Câmara de Vereadores aprovou nesta segunda-feira (23), por unanimidade, um Projeto de Lei que pede a derrubada do decreto que retirou as barreiras sanitárias.

Marina de Arraial do Cabo fica lotado no primeiro fim de semana após liberação de acesso à cidade — Foto: Reprodução/Inter TV RJ

Marina de Arraial do Cabo fica lotado no primeiro fim de semana após liberação de acesso à cidade — Foto: Reprodução/Inter TV RJ

A Prefeitura de Arraial do Cabo informou que a medida de retirada da barreira foi tomada após avaliação de um relatório do Estado que coloca o Rio de Janeiro como baixo risco. A decisão também levou em consideração o índice de contaminação em Arraial que permanece o mais baixo da região.

O município informou que também está atendendo a um pedido de moradores, comerciantes e profissionais do ramo de turismo, principalmente náutico, que fizeram um protesto pedindo a abertura total da cidade antes das eleições municipais.

Ainda segundo o município, a medida pode ser revogada caso a cidade apresente índices crescentes nas próximas semanas. A Prefeitura reforçou que as medidas do selo Arraial Limpo e Seguro continuam em vigor.

As imagens registradas neste fim de semana mostram dezenas de pessoas aglomeradas, algumas delas sem máscara e muitas desrespeitando as medidas de distanciamento social.

Representantes dos barqueiros da cidade disseram ao G1 que querem a volta das barreiras sanitárias. Segundo eles, se a cidade for liberada agora, os índices de Covid-19 vão subir e será necessário fechar novamente a cidade em janeiro, período no qual há maior circulação de turistas e consequentemente de dinheiro no município.

Um Projeto de Lei foi aprovado, por unanimidade, durante uma sessão extraordinária.

“Nós queríamos que voltassem as barreiras e [que o governo municipal] desse uma atenção maior na saúde e na guarda municipal’, disse o presidente da Câmara de Vereadores, Thiago Felix (PSL).

Após a aprovação do Projeto de Lei, um ofício será enviado para a Prefeitura. O presidente da Câmara disse que, caso o pedido não seja atendido pelo governo municipal, será necessária a abertura de uma ação judicial para que o caso seja resolvido.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Arraial do Cabo tem 364 casos confirmados e 16 mortes por Covid-19.

Fonte: g1.globo.com

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *