Parceria entre Secretaria de Educação e universidades possibilita estágios

Parceria entre Secretaria de Educação e universidades possibilita estágios

Devido à pandemia da Covid-19, as vagas de estágio estão cada vez mais escassas para diversas áreas do ensino superior. O cenário, no entanto, abre oportunidade de se estabelecer uma parceria entre a Secretaria de Educação de São Pedro da Aldeia e as universidades da região. A medida trará benefícios à pasta, que necessita de mão de obra em setores específicos, e também aos universitários, que precisam do estágio para a complementação de carga horária obrigatória.

Para discutir esse assunto, foi realizada uma reunião com a coordenadora pedagógica, Daiana Quintanilha, a subsecretária de Educação, Edna Lucena, membros do setor de nutrição da secretaria e os representantes das universidades Unopar, Veiga de Almeida, Estácio, Cederj e UFRJ-campus Macaé. O tema inicial foi a realidade dos estagiários. Em sua grande maioria, está sendo realizado via EAD (Ensino à Distância), ou no próprio campus das universidades. Devido à queda de oportunidades, uma minoria tem sido presencialmente.

Muitas propostas em diversos campos de atuação foram apontadas durante o encontro. Para a área pedagógica, os estagiários poderão prestar serviço auxiliando na correção do material impresso, que está sendo entregue aos alunos da rede municipal e também no projeto #PartiuNonoAno, que tem como objetivo oferecer apoio educacional aos estudantes, por meio de atendimento presencial em pequenos grupos, no momento de transição do Ensino Médio ao Ensino Fundamental.

Na área administrativa, serão ofertadas vagas para levantamento de dados na plataforma de ensino e também na atuação direta na plataforma de gestão, que se encontra na fase de inserção de dados e documentos.

Já para a área de nutrição, que é restrita a alunos do curso, a gama de oportunidades se mostra maior. Foi sugerida pela diretora do departamento, Gabrielle Rodrigues, projetos como a confecção de uma cartilha que associe hábitos alimentares ao Covid-19, criar ações de educação nutricional para o ano letivo de 2021, promover as fichas técnicas de merenda para o próximo cardápio e montagem de opções de menu que corresponda a atual realidade com dicas de higienização para servidores e alunos, sendo todas essas atividades realizadas remotamente

Já para a forma presencial, foi aconselhado que os estudantes de nutrição participem da montagem dos kits de alimentação, que serão distribuídos, tendo em vista a experiência direta ser benéfica aos futuros nutricionistas. Toda a organização será montada em cima da rota já existente para as datas de confecção dos kits, a fim de saber quantas vagas poderão ser oferecidas às universidades parceiras e também ter um número suficiente para que não gere aglomeração no momento da ação.

Ao final da reunião, foi acordado que seria feito um ofício que contará com o número de vagas disponibilizadas pela Secretaria de Educação aos estagiários, fazendo com que os representantes e coordenadores dos cursos possam se organizar e ofertar as vagas nas instituições parceiras.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *