NOTA DE ESCLARECIMENTO

A matéria publicada no dia 19 de março no veículo não apresenta fatos comprovados sobre o Sr. Jean Carlos de Paula, até então Coordenador da Guarda Civil Municipal de Cabo Frio – RJ. 

O Sr. Jean Carlos não agiu com poder de Polícia nas ruas da cidade como afirma a matéria e em nenhum momento oprimiu colegas da própria corporação. A denúncia em questão não apresenta provas. 

O até então Coordenador, esclarece que teve um desentendimento com o Secretário de Segurança Pública e logo depois foi pedir a própria exoneração, mas o prefeito (Dr. Adriano) pediu que reconsiderasse e que seria realocado em outra função. 

“Lamento muito esta situação, pois entendo que em qualquer área de trabalho podemos passar por muitas situações desagradáveis, como injustiças, denúncias difamatórias e caluniosas, perseguições… e o setor público não foge à regra! Sei que estava exposto, principalmente pelo cargo que ocupava e sabia que em algum momento teria que lidar com sentimentos tipicamente humanos, pois estamos trabalhando com pessoas e não com máquinas! Mas lamento que alguns do meus colegas coloquem o ego acima do Bem Maior, que é a melhoria do serviço para a comunidade, lema que tinha como diretriz dos meus objetivos como coordenador da Guarda Municipal de Cabo Frio.” Lamenta Jean Carlos. 

“Por outro lado fico feliz, pois tenho recebido um grande apoio moral da minha tropa, onde sempre fui bem quisto e elogiado pelo trabalho que vinha desenvolvendo desde agosto de 2019, data da minha nomeação. Minha consciência se mantém tranquila, pois desde quando assumi o cargo consegui inúmeros benefícios para a Guarda e consequentemente para a cidade. Como oito viaturas extras (havia apenas duas na época), uma base instalada no bairro da Passagem para a Romu (Ronda Ostensiva Municipal), um trailler na Praia do Forte, o telefone de emergência (153) e uma embarcação para a Guarda Marítima. E em andamento, a negociação da instalação de câmeras de monitoramento em toda a cidade, com três delas já em fase de teste, no Boulevard Canal, Nilo Peçanha e na Praça da Cidadania.” 

O Sr. Jean Carlos está à disposição para ser entrevistado e para maiores esclarecimentos, assim com a sua advogada, Helen da Cruz

Da esquerda para direita – Jaide Floriano (chefe da Romu), Jean Carlos e o prefeito Dr. Adriano.
Texto: Vanessa Martins | Assessoria de Imprensa

4 Comments

  1. Faltou pagar os mil reais que ficou devendo do poste padrão de luz da Base da Guarda no Segundo Distrito!

  2. Boa tarde viniciis, existe um equívoco nesse comentario, pelo que eu me lembre esse poste que voce esta falando quem autorizou a compra foi o ex coordenador cel fabio carvalho, mas caso voce queira resolver posso mediar para voce falar diretamente com o prefeito para resolver o pagamento desse poste, estou a sua disposição para te ajudar a resolver.pode me procurar no gabinete. Um grande abraço!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *