Prefeitura de Arraial do Cabo atualiza boletim acerca da suspeita de coronavírus

Prefeitura de Arraial do Cabo atualiza boletim acerca da suspeita de coronavírus

A Prefeitura de Arraial do Cabo, através da Secretaria de Saúde, segue monitorando todas as informações acerca do coronavírus no país e das suspeitas no município. Os boletins serão atualizados diariamente conforme novas informações forem disponibilizadas. 

Até o momento, apenas 2 pessoas estão em isolamento domiciliar em Arraial do Cabo aguardando o resultado dos exames, já enviados ao Lacen. 

O primeiro caso de suspeita é de uma senhora de 72 anos que deu entrada, na manhã do dia (12), no Hospital Geral com suspeita de coronavírus. O segundo caso de suspeita é de um rapaz, de 26 anos, que deu entrada na manhã de hoje (14), com sintomas de tosse e calafrios e informou que teve contato com estrangeiros, e, por precaução, foi realizado o protocolo de exames do Ministério da Saúde e os resultados saem em até 48h.

Neste sábado, a Prefeitura também suspendeu as aulas da rede pública por 15 dias, podendo ser prorrogado, seguindo a determinação do Governo do Estado. Além disso, o Prefeito Renatinho Vianna publicou o decreto nº3.050 que garante políticas sociais e econômicas para reduzir o risco da doença e prevenir o contágio. O decreto está disponibilizado no site oficial da Prefeitura e nas redes sociais oficiais. 

Todas as atualizações pertinentes serão feitas através do site e das redes sociais oficiais da Prefeitura a fim de manter a população informada da real situação e evitar notícias falsas.

Acerca do isolamento domiciliar em quarentena, o procedimento está entre as medidas recomendadas pela OMS para pacientes que estão em bom estado clínico em que não há necessidade de internação. A previsão é de que ela permaneça em isolamento em sua residência pelos próximos 14 dias sendo acompanhada pela Secretaria de Saúde. O HGAC afirma que a equipe seguiu com rigor todos os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde.

Não existe tratamento específico para infecções causadas por coronavírus. Nesse caso, é indicado repouso e consumo de bastante água, além de algumas medidas adotadas para aliviar os sintomas, conforme cada caso.

Lembrando que para um caso ser considerado SUSPEITO, existem três situações de acordo com o Ministério da Saúde: 1. a pessoa deve apresentar febre E pelo menos um dos sinais ou sintomas respiratórios, com histórico de viagem para país com transmissão sustentada OU área com transmissão local nos últimos 14 dias; 2. Pessoa que apresente febre OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório, com histórico de contato direto com caso suspeito ou confirmado para COVID-19, nos últimos 14 dias; 3. Pessoa que manteve contato domiciliar com caso confirmado por COVID-19 nos últimos 14 dias E que apresente febre OU pelo menos um sinal ou sintoma respiratório.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *